Pesquisar este blog

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Oferenda (Inocêncio de Melo Filho)



(Le double, de Mélissa Pínon)

Trago-lhe meus cabelos brancos
Para dizer-lhe que sofri demais
Pouco aprendi
Com isso me sustento
Fortaleço os que me buscam
E alimento os famintos
Que tens me confiado.


/////