Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Sobre naturezas humanas (Luciano Bonfim*)


(Adega, de J. Victtor)

Outro dia conheci uma arquiteta que cuida da preservação do patrimônio histórico de nosso município – na realidade das fachadas dos casarões do centro da cidade –, omito o seu nome para não causar transtornos e evitar constrangimentos futuros.

Tivemos uma conversa bastante agradável e, em seguida, ela me convidou para tomar um café em sua companhia.

Disse-lhe: desempenharei na sua repartição um cargo de chefia na área de minha especialidade, e eventualmente trabalharemos juntos, ela riu, disse que seria um prazer, e convidou-me para almoçar em sua residência; por cortesia, aceitei o convite, e em sua casa conversamos bastante e rimos ainda mais à vontade.

Algum tempo depois, por conta de desentendimentos com o chefe do setor, desvinculei-me totalmente da seção.

Disse para ela: tenha cuidado, pois este senhor vendeu a sua antiga história pessoal em troca de um punhado de poder, cifras em sua conta bancária, e a garantia do estágio de sua filha na Europa ou na América.

Neste sentido, a arquiteta, que se mostrou tão amiga quando soube que eu ocuparia um cargo de chefia em seu local de trabalho, não mais me convidou para compor a sua mesa de jantar – nem ao menos me cumprimenta na rua.

Outro dia fiquei sabendo, por fidedigna fonte, que ela hoje ocupa o meu antigo posto na repartição.

_____________
*Luciano Bonfim [Crateús/CE.]. Publicou: Dançando com Sapatos que Incomodam – Contos [2002]; Móbiles – Contos [2007]; Janeiros Sentimentos Poético [1992] s e Beber Água é Tomar Banho por Dentro[2006] – Poesia; escreveu e montou as peças: Auto do Menino Encantado [2002] e As Mulheres Cegas [2000 e 2004]; criador da revista Famigerado – Literatura e Adjacências [2005]; professor da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA [desde 1996]; aluno do mestrado em Educação Brasileira [FACED-UFC/2006].
e-mail: luciano.bonfim@yahoo.com.br
/////