Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Pedra Itabirana (Inocêncio de Melo Filho)


Há uma pedra no meio do caminho
O poeta guarda-a sisudo
No bolso do jeans
Contempla o caminho inteiro
E se vai sem medo dos tropeços.
/////