Pesquisar este blog

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Aposentado (Silmar Bohrer)


– Então, compadre, vai bem ?
– Eu, tenho ido até além
vivendo do bom erário
de quem fui depositário.


Sou agora um perdulário,
anda cheio o meu armário,
não de víveres, mas de versos
que espalho pelos universos.


Se a vida é feita de histórias
com vagas pequenas glórias,
sigo algumas festejando.


No mundo velho sem porteira
levo uma vida galhofeira,
as desditas ironizando.
/////