Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de março de 2012

Dizeres (Inocêncio de Melo Filho)



O que cabe a mim?
O que cabe a ti?
Nos distanciamos com essas indagações
Ouço sua voz distante
Tecendo respostas para nós
Meu silêncio lhe alcança
E se rende aos seus dizeres.


/////