Pesquisar este blog

domingo, 29 de abril de 2012

Visão (Inocêncio de Melo Filho)

Para Irene Neres


Tu passas por mim
E não me vês
Fico a olhar seu cabelos soltos
Que se alongam nas suas costas
Fazendo-me visualizar
A menina que foste
Na mulher que és.

/////