Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Mãe mulher mãe (Clodomir Monteiro)

Ela foi um dia
De quem foi um dia
Que foi um dia


Pensa todo dia
O quem foi um dia
Daquele que foi dela um dia


E quem foi um dia
Daquela que foi dele um dia
Não será um dia
Daqueles que serão um dia


Daqueles e daquelas que são hoje em dia
E foram dela um dia
Como não são quem foram um dia
Não podem mais ser dela hoje


Ela que foi um dia
De quem foi um dia
Ainda é quem foi um dia
Daqueles que delas não são mais hoje


A mãe que tivemos um dia


Hoje é quem nos foi um dia
Mas nós não podemos hoje
Ser daquela que nos foi um dia
Ela foi um dia


E sendo ainda hoje
Quem nos foi um dia
E não sendo quem dói um dia
Nós a somos todo dia

/////