Pesquisar este blog

sábado, 9 de junho de 2012

Poema (Silmar Bohrer)


Hasteou cedo sua bandeira
o bem-te-vi cantador,
entoando com todo ardor
a sinfonia domingueira.


Marezinhos verdejantes
cá pras bandas do meu sul,
bons ventinhos circulantes,
tempos do estio, céu azul.


Não para nunca de bater
este meu inquieto mar,
parece com as ideias do Silmar
que estão sempre a acontecer.


E volto então aos versos
para ver se os reconheço,
coisas boas nos universos,
verso mau - será, mereço ?


/////