Pesquisar este blog

domingo, 10 de junho de 2012

A qual triunfo? (Teresinka Pereira)



A qual triunfo
a fogueira do espaço
me conduz?
Aqui estou queimando-me
em ânsias,
oxidando meus desejos
sem assustar ninguém,
com medo de que riam
desta pela clara
como açúcar sem doce.
Minhas palavras
se reduzem ao abismo do tempo,
não vejo sequer o horizonte:
sou espectadora do nada!

/////