Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de julho de 2012

Prenúncio de agosto (Clauder Arcanjo)

“Porque você há de ter notado que os olhos
aprendem imagens, mas ensinam palavras.”
(Paulo Mendes Campos)




Os olhos de julho não apreendem agosto
Agosto precisa de imagens e presságios
Imperioso, agosto palavreia ritos e mitos
Sugestivo, ordena recônditas assombrações
Medos, espectros, fantasmas de nós mesmos.


Os olhos de julho só aprenderão com agosto
Quando desgosto for palavra de gosto de julho.


Mossoró-RN, 30/07/2012

/////