Pesquisar este blog

domingo, 14 de outubro de 2012

Âmagos (Luiz Martins da Silva)

Em dedicatória à comunidade Grupecj (UFPB)

 
I
Tudo tem anima,
Pessoas têm planos.
Eu, tu, nós: âmagos,
De entoar salmos.

II
De tudo o que somos,
Já o sabemos
No prazer do sabor
Do saber soando.

III
Por agora, grãos,
Logo, logo, seiva.
Do que o vento folheia
Para além do pólen.

IV
Deus não tem dor,
Muito menos fim.
E se Os somos filhos,
Tons dos mesmo Dom.

V
Daí, o amor, dádiva
Dos dedos às mãos.
Abraçar sem cisma
A si próprio irmãos.

/////