Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Eu sou de água (Teresinka Pereira)


 









 (Borboletas, in jampawlak.com.br)
         
“Eu sou de água”.
Sou também de flor
e de sol.
Sou uma corola
mordida de esperança.
Mas se chegas
a ferir a minha alma,
eu me faço de pedra
e me precipito
sem compartilhar
o meu único sonho.

/////