Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Em lembrança (Carlos Nóbrega)











Para onde foram os dias
que um dia estiveram comigo?
Foram à Cochinchina?
Saboeiro? Pra Pasargada?
Para onde vão os dias?

Em que margem de rio
viram cascalho,
pepita de aluvião?
(Oh não me falem em Aqueronte
que eu gosto mesmo é de Amazonas
com suas mães-d’água
de peitos generosos
para a gente mamar)

Onde é o cemitério dos dias?
Onde é que fica a lápide
do 23 de Maio de 2008,
que eu quero mandar um punhado de rosas-loucas
sem dizer porque.

/////