Pesquisar este blog

domingo, 8 de setembro de 2013

Certeza (Inocêncio de Melo Filho)



















 Não me venha com suas profecias
Conheço-as bem
Algumas delas até já se cumpriram em mim
Agora entendo o que me falaste no templo
Porque sua voz voltou aos meus ouvidos
E se reitera
Fazendo-me crer que esse cálice de dor
Não será afastado de mim.  

/////