Pesquisar este blog

sábado, 19 de abril de 2014

A morte (Teresinka Pereira)



 
Não falta nunca 
a morte!
Desnuda os reis
e põe manto de estrelas
nos pobres.
Mas aos gênios
que criaram
mundos em nossa
imaginação literária
os faz renascer
em melhor dimensão
de eternidade.
Vamos enxugar as lágrimas
Gabriel García Márquez
acaba de renascer!

/////