Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Filho (Pedro Du Bois)

(Arte de Chico Lopes)

Eu, filho imprevisto

do outono faço desabar

mistérios e dos céus

em acometimento

rasgo espaços e me faço

alegre ao desgaste: estar

preciso na estação derradeira


eu, filho inaudito

acometido em vida

desvisto os olhos

e nego enxergar

ao longe o horizonte.

http://pedrodubois.blogspot.com/
/////