Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de abril de 2011

Estranho esperanto (Carlos Nóbrega)


para Tércia Montenegro
Françoise (2009), Cristina Vergano

O que eu tenho a dizer ao mundo
prefiro ouvir das mulheres,
no estranho esperanto delas.

Sim,
porque em seu idioma
todas as palavras do mundo
possuem aguda pronúncia,
oculta profundidade.

Indiverso é o significado
em tão fiel dialeto.


E é tão fiel o dialeto
que quando elas dizem dor
uma lágrima cai
de seus lábios.


/////