Pesquisar este blog

sábado, 25 de janeiro de 2014

Me acordei de repente (Carlos Nóbrega)




 










A vida é boa.
Se não fosse
as laranjas teriam desistido
As ovelhas não estariam viçando
nem a flor da jitirana à espera do sol;
As pimentas parariam de arder
E eu, este ser danado,
não estaria assim
– feito Príapo –
nas horas mortas
desta madrugada.

/////