Pesquisar este blog

sábado, 9 de abril de 2011

Versos de Silmar Bohrer



Daquelas manhãs grandiosas,
domingo todo de azul,
manhãzinhas dadivosas
cá pras bandas do meu sul.

Dos céus a magnitude,
dos mares a realeza,

infinitos de grandeza
tão iguais na infinitude.


Horizontes, amplitudes,
mares verdes, céu azul,
latitudes, longitudes,
os caminhos do bom sul.


Destes céus a magnitude,
dos meus mares a realeza,
e eu nunca jamais pude
versejar tanta grandeza.


Barra do Saí, 030411

Silmar Bohrer no Recanto das Letras

/////