Pesquisar este blog

domingo, 20 de novembro de 2011

Hábito (Pedro Du Bois)





Dos hábitos incrustados o hálito
da serpente antecipa o bote:
límpido momento
amortecido no veneno
inoculado
(o silêncio receoso
da verdade no deslizar
do corpo e a peçonha)
dói o ponto atingido
amortecido espírito:
a luz se apaga
na mágica
do regresso.
/////