Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Viandante (Silmar Bohrer)


(Estradinha, Antonio Roque)

Vinte anos por estes caminhos
tenho tido então andado
caminhando assim sossegado
a ouvir os cantores passarinhos.


Cortejando o meu riozinho,
eu e as matas ciliares,
sempre juntos meus pensares,
não ando jamais sozinho.


Aquelas rimas estradeiras
são as fiéis companheiras
adornando alguns versos,


Sempre cantados com sutileza,
louvando a nossa mãe-natureza,
varando longes universos.
/////