Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Inventar (Emanuel Medeiros Vieira)


Para Eduardo Dutra Aydos

 









 “Escrevemos/Porque sabemos/que vamos morrer.//Escrevemos/porque não sabemos por quê.” (“Pedra” – Francisco Marcelo Cabral)

Quisera inventar o tempo
seremos todos esquecidos –
o oblívio no final da estrada.
Distraímo-nos comprando coisas.
Mal fechamos os olhos
funda-se o esquecimento?
Sumimos do mundo.
(Antes: volúpia para ser celebridade, sonhando com vidas napoleônicas.)
Ai dos danados que resistem aos apelos e rompem com o dogma.
Quisera inventar o tempo.
Desterro!
“Vida é o que está acontecendo enquanto você está ocupado em fazer grandes planos”.
(“Life is what happens to you while you’re busy making other plans” – John Lennon, em tradução livre)
Ele – o Tempo –
Senhor do Destino – nos engole.
Não: desisti de inventar o tempo.
Basta o dia – levando à eternidade.
Mas faça sempre com Fé.

/////