Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Há mãos (Carmen Silvia Presotto)


A Nilto Maciel


 
Há mãos
que ao contar poemam
escrevem no tempo
libertam amarras
reúnem amizades
e dão às letras liberdade


Há mãos
que ao contar
amam no tempo em que vivem
e por isso, trabalham, dobram espaços,
lutam e transformam horizontes


Há mãos
que ao contar
são o sal da vida.

__________
http://www.vidraguas.com.br/
/////